Quatro habilidades que jovens desenvolvem em um programa Outward Bound

1. Comunicação   Quando os alunos estão em áreas remotas, eles tem a oportunidade de aprender e praticar diariamente suas habilidades em comunicação. São apresentadas técnicas e ferramentas para aprimorar essa competência e os jovens as praticam a todo momento recebendo feedback sobre como estão progredindo. O ambiente proposto nos programas Outward Bound estimula esse desenvolvimento, pois a convivência com pessoas diferentes em um ambiente remoto exige uma comunicação eficaz para a superação dos desafios faz aflorar essas habilidades de tal forma que é bastante comum os pais terem uma agradável surpresa na volta de seus filhos para casa.

 

2. Independência   Tirados de seu ambiente comum – amigos, família e comunidade – os alunos da Outward Bound aprendem a confiar em si mesmos e são surpreendidos quando descobrem o que eles podem fazer por conta própria, liderar o grupo em diversos momentos faz surgir um genuíno senso de independência. Quando regressam para casa, estão muito mais independentes e confiantes em si.

 

3. Compaixão   Cercado por outros adolescentes que nunca conheceu, muitos dos quais são muito diferentes de si mesmos, os jovens ampliam seus horizontes sociais – e aprendem o poder da compaixão. Seguindo o exemplo genuíno e dos Instrutores Outward Bound, os alunos aprendem a apreciar as diferenças entre os membros de sua turma e celebrar a experiência comum das ações do grupo. Os alunos voltam para casa com a mente aberta, uma abordagem mais tolerante, aceitando melhor as interações sociais com pessoas diferentes.

 

4. Resolução de Conflitos   O conflito é inevitável em um programa Outward Bound! Condições climáticas adversas, grupo diversificado de pessoas, circunstâncias dinâmicas e por vezes difíceis, mas diferente de nosso dia onde por vezes evitamos o conflito, nos programas Outward Bound somos estimulados a resolvê-los de forma saudável e produtiva, tendo nesse processo os instrutores de mediadores. Após o programa, os pais poderão notar que os alunos são menos combativos e mais diretos e articulados quando o desacordo ocorre.